Minha nova paixão:

Brincar com bonecas BJD’s, fazer fotos delas, desenha-las, tentar esculpi-las; me faz analisar um reencontro da minha infância com minhas experiências atuais. Elas me inspiram, me provocam e me trazem descobertas pessoais. São bonecas incríveis. E quantas bonecas tristes hoje existem no mundo BJD. A tristeza é uma marca dessa era, e as bonecas refletem ela. Um outro aspecto é que elas também refletem a sexualidade, o erotismo, o consumismo, sendo também um objeto de posse, manipulável, onde a imaginação cria cenários e contextos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Scroll Up